Vídeo: Brigada Militar prende HOMEM NEGRO vítima e deixa agressor BRANCO solto em Porto Alegre

Brigada Militar de Porto Alegre: Acima da lei? Vítima de facada é preso, agressor branco é solto! Governador instaura sindicância para investigar ação policial.

Um vídeo que circula nas redes sociais desde sábado (17) mostra um homem negro, vítima de facada, sendo preso pela Brigada Militar em Porto Alegre. O caso, que aconteceu no bairro Rio Branco, na região central da capital gaúcha, gerou revolta e indignação na comunidade.

Segundo relatos de testemunhas, a vítima, um motoboy, estava em frente a um restaurante quando um homem branco se aproximou e começou a discutir por causa da aglomeração de motos. Durante a discussão, o agressor teria desferido um golpe de faca no pescoço do motoboy.

Resumo da notícia

  • Motoboy negro é esfaqueado por homem branco em Porto Alegre.
  • Brigada Militar prende a vítima e ignora agressor.
  • Vídeo da abordagem revoltante viraliza nas redes sociais.
  • Governador determina investigação, mas comunidade exige justiça.

Ação da Brigada Militar

Chamados para intervir, os policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar, ao invés de socorrer a vítima, a algemaram e a colocaram na viatura. O agredido, por sua vez, só foi detido em flagrante alguns minutos depois, o que gerou ainda mais revolta entre as pessoas que presenciaram a cena.

O caso ganhou grande repercussão nas redes sociais, com muitos internautas criticando a atitude da Brigada Militar e questionando o racismo institucional.

Eduardo Leite promete investigação

Diante da repercussão do caso, a Brigada Militar abriu uma sindicância para apurar a conduta dos policiais envolvidos. O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, também se manifestou sobre o caso, determinando a abertura de uma investigação.

A investigação da Brigada Militar deve apurar se os policiais agiram de forma correta e se houve negligência ou racismo na abordagem da vítima. É importante que o caso seja esclarecido e que os responsáveis sejam punidos.

Racismo na Segurança Pública

A prisão de um homem negro, vítima de crime, é um retrato do racismo estrutural presente na sociedade brasileira e nas instituições de segurança pública. É necessário que medidas sejam tomadas para combater o racismo e garantir a igualdade de tratamento para todos os cidadãos.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast é redatora de web sites há cerca de 8 anos, tendo ao todo 15 anos de experiência com produção de conteúdo para a internet. Graduada em Administração de Empresas (Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre), encontrou sua verdadeira paixão na administração de websites.

Devido sua experiência com redação de conteúdo, obteve registro profissional como jornalista pelo Ministério do Trabalho (Registro Profissional: 0020361/RS).

É porto-alegrense raiz, nascida e criada na zona norte da cidade, mas muito apaixonada pela zona sul e pela orla do Guaíba. Ama a cidade e está sempre em busca de trazer mais informações que possam ajudar seus conterrâneos a curtirem mais o que Porto Alegre tem para oferecer!

Artigos: 432

Descubra mais sobre Curtindo PoA

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading