Censo Animal Revela População de Cães e Gatos em Porto Alegre

O censo animal fornece uma base sólida de dados para entender a população de cães e gatos na cidade e suas condições de vida.

O primeiro censo animal realizado em Porto Alegre oferece uma visão detalhada da presença de cães e gatos na cidade, revelando números impressionantes sobre a população desses animais de estimação e suas condições de vida. Coordenado pelo Gabinete da Causa Animal (GCA), o levantamento, realizado por amostragem, abrangeu quase 5 mil domicílios da capital gaúcha durante o período de julho a outubro de 2023.

Censo animal: População de Cães e Gatos

Os resultados do censo indicam que Porto Alegre abriga um total de 815,4 mil cães e gatos, dos quais 533.873 são cães e 281.532 são gatos. Surpreendentemente, uma parcela significativa desses animais, cerca de 33,1% dos gatos e 8,5% dos cães, são semi-domiciliados, ou seja, possuem tutores, mas têm acesso às ruas sem supervisão. Além disso, há 21.355 cães e 11.261 gatos que vivem completamente na rua.

A veterinária Camila Marinelli Martins, responsável pelo estudo, destaca a preocupação com o grande número de animais que circulam diariamente pela cidade, estimando em torno de 66 mil cães e mais de 100 mil gatos, incluindo os semi-domiciliados e os de rua. Essa população, predominantemente composta por fêmeas jovens entre um e seis anos de idade, apresenta desafios adicionais devido à sua capacidade reprodutiva e ao potencial de transmissão de doenças.

Distribuição por Domicílio e Políticas Públicas

Outro aspecto relevante do censo é a distribuição dos animais por domicílio. Cerca de metade das residências não possui cães, enquanto 74% não têm gatos. Os cães são mais comuns em casas (67,1%) do que em apartamentos (32,8%), enquanto aproximadamente 30% das casas e 20% dos apartamentos abrigam pelo menos um gato.

A secretária da Causa Animal, Patrícia Martins, enfatiza a importância desses dados para o fortalecimento das políticas públicas municipais, especialmente no que diz respeito à castração, uma das principais prioridades da gestão. Com informações mais precisas sobre a distribuição e as necessidades dos animais de estimação na cidade, o governo municipal pode direcionar recursos de forma mais eficaz e implementar mudanças necessárias.

O censo animal em Porto Alegre fornece uma base sólida de dados para entender a população de cães e gatos na cidade e suas condições de vida. Com esse conhecimento, as autoridades podem desenvolver políticas e programas mais eficazes para garantir o bem-estar desses animais e promover uma convivência harmoniosa entre humanos e seus companheiros de quatro patas.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 599

Descubra mais sobre Curtindo PoA

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading