Vai dar para ver o eclipse anular do Sol em Porto Alegre (14 de outubro)?

No próximo dia 14, um espetáculo astronômico irá encantar nove estados do Brasil: um eclipse anular do Sol. Esse fenômeno extraordinário ocorre quando a Lua se posiciona entre a Terra e o Sol, projetando um “anel de fogo” brilhante ao redor da borda solar, enquanto a maior parte do disco é coberta.

De acordo com o Observatório Nacional, uma instituição de pesquisa vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, a partir das 15h, terá início esse espetáculo celeste. Em parceria com entidades internacionais, o Observatório transmitirá o fenômeno ao vivo pelo YouTube, através deste link, a partir das 11h30, abrangendo não só o Brasil, mas também outros países.

Leia também: Planetário Porto Alegre: Como funciona, horários e valores.

O que é o eclipse anular do Sol?

Eclipse anular do sol

A anularidade, que se traduz na formação do característico “anel de fogo” ao redor da Lua, será visível em dez países, incluindo o Brasil. Além disso, em várias partes das Américas, desde o Alasca até a Argentina, será possível presenciar um eclipse parcial.

A jornada astronômica começará às 11h30 (horário de Brasília) na costa oeste dos Estados Unidos. Nesse momento, o Sol ainda estará abaixo do horizonte, visto que amanhece por lá. Em seguida, o eclipse seguirá seu curso pela América Central e Colômbia, com previsão de alcançar o território brasileiro por volta das 15h, prolongando-se até o pôr do sol, aproximadamente às 18h (horário de Brasília).

A faixa de anularidade percorrerá os Estados do Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Tocantins, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Dentre as capitais, apenas Natal (Rio Grande do Norte) e João Pessoa (Paraíba) terão o privilégio de observar a anularidade, enquanto o restante do Brasil desfrutará de um eclipse parcial.

Como ver o eclipse anular do Sol online?

Para aqueles que não puderem vivenciar o evento ao ar livre, o Observatório Nacional disponibilizará uma transmissão online. Essa iniciativa, que congrega diversas instituições brasileiras em parceria internacional com o Time and Date, será acessível pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=SoS0tV61z9Y

O eclipse anular se materializa quando a Lua se encontra em seu apogeu, o ponto mais distante da Terra em sua órbita. Durante esse período, a Lua aparenta ser menor que o Sol no céu. O último eclipse anular do Sol ocorreu em junho de 2021, porém não foi visível no território brasileiro. O próximo evento dessa natureza está agendado para 2 de outubro de 2024.

Cuidados para observar o fenômeno

No entanto, é imperativo ressaltar que a observação direta do Sol é estritamente desaconselhada, mesmo com o uso de películas de raio-x, óculos escuros ou outros improvisos. A exposição ao Sol, mesmo que por poucos segundos, pode resultar em danos à retina.

Existem duas abordagens seguras para observar o eclipse: de forma direta ou indireta. A observação direta envolve o uso de instrumentos especialmente projetados para esse fim, com a recomendação de filtros, sendo o filtro de soldador número 14 ou superior (ISO 12312-2) a opção mais segura. Mesmo assim, a observação não deve ultrapassar alguns segundos.

A utilização de instrumentos ópticos, como binóculos ou telescópios, para observar o Sol só é permitida sob a orientação de astrônomos, que possuem o conhecimento dos filtros adequados.

Por outro lado, a observação indireta pode ser realizada através de projeções, dispensando o uso de instrumentos ópticos.

Conversa sobre o eclipse

Durante a transmissão ao vivo promovida pelo Observatório Nacional, astrônomos, tanto amadores quanto profissionais, irão apresentar o eclipse diretamente da faixa de anularidade. Além disso, eles estarão disponíveis para dialogar com o público sobre astronomia, astrofísica, telescópios e técnicas de obtenção de imagens astronômicas. Os espectadores terão a oportunidade de interagir, enviando perguntas e comentários através do chat.

Se você estiver nos estados brasileiros onde o eclipse anular do Sol seja visível no dia 14 de outubro, esteja atento ao céu e não perca essa experiência celestial única. Lembre-se de seguir todas as recomendações de segurança para desfrutar desse evento espetacular com responsabilidade.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast

Priscilla Kinast é redatora de web sites há cerca de 8 anos, tendo ao todo 15 anos de experiência com produção de conteúdo para a internet. Graduada em Administração de Empresas (Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre), encontrou sua verdadeira paixão na administração de websites.

Devido sua experiência com redação de conteúdo, obteve registro profissional como jornalista pelo Ministério do Trabalho (Registro Profissional: 0020361/RS).

É porto-alegrense raiz, nascida e criada na zona norte da cidade, mas muito apaixonada pela zona sul e pela orla do Guaíba. Ama a cidade e está sempre em busca de trazer mais informações que possam ajudar seus conterrâneos a curtirem mais o que Porto Alegre tem para oferecer!

Artigos: 432

Deixe um comentário

Descubra mais sobre Curtindo PoA

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading