Passagem de Ônibus em Porto Alegre Permanece em R$ 4,80 em 2024

Manter o valor da passagem de ônibus em Porto Alegre é um meio de equilibrar a oferta de serviços com a capacidade de pagamento das pessoas.

Nesta quinta-feira, 22 de fevereiro, o prefeito Sebastião Melo anunciou que o valor da passagem de ônibus em Porto Alegre será mantido em R$ 4,80 ao longo de todo o ano de 2024. Essa decisão marca o terceiro ano consecutivo em que a tarifa do transporte coletivo na cidade permanece inalterada. O prefeito destacou que essa estabilidade só foi possível graças a um conjunto de esforços financeiros para custear mais da metade das isenções. Essa medida visa manter a acessibilidade ao transporte público, mesmo diante de desafios financeiros e operacionais.

Sobre a estabilidade da passagem de Ônibus em Porto Alegre

Dados da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) revelam que, em 2023, o sistema de transporte coletivo de Porto Alegre atendeu cerca de 159,1 milhões de passageiros, realizando 12.823 viagens em dias úteis, 7.198 aos sábados e 4.460 aos domingos. Para 2024, a previsão é de um aumento no número de viagens, com acréscimo estimado de 770 viagens em dias úteis, 430 aos sábados e 260 aos domingos.

Essa decisão é crucial em um contexto onde a estabilidade no preço da passagem pode representar um alívio financeiro para os usuários do transporte coletivo, que enfrentam pressões econômicas em outros aspectos de suas vidas. Além disso, a manutenção do valor da tarifa pode incentivar o uso do transporte público, contribuindo para a redução do tráfego e dos impactos ambientais na cidade, além de promover a mobilidade urbana sustentável.

Apesar da estabilidade no preço da passagem, desafios ainda persistem, incluindo a necessidade de investimentos em infraestrutura, frota e qualidade do serviço prestado. É essencial atender às demandas crescentes da população e garantir um sistema de transporte público eficiente e inclusivo.

A decisão de manter o valor da passagem de ônibus em Porto Alegre reflete uma estratégia municipal para equilibrar a oferta de serviços com a capacidade de pagamento da população, visando proporcionar um transporte acessível e de qualidade para todos os cidadãos da capital gaúcha.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 598

Descubra mais sobre Curtindo PoA

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading