Rio Grande do Sul tem Queda no Número de Mortes no Trânsito em 2023

A queda no número de mortes no trânsito é importante, mas também é um lembrete da importância contínua de investir em medidas de segurança.

O Rio Grande do Sul comemora uma queda significativa no número de mortes no trânsito em 2023, segundo dados divulgados pelo DetranRS na última quarta-feira (21). No ano passado, foram registradas 1.572 vítimas fatais em acidentes de trânsito, em comparação com 1.707 em 2022, representando uma redução de 8%. Essa notícia é um alívio para a segurança viária no estado e reflete o impacto positivo das ações governamentais.

Tendências e Mudanças nas Estatísticas de Mortes no Trânsito

Uma mudança notável nas estatísticas é o aumento de vítimas de idade mais avançada. Em 2023, a faixa etária de 65 a 74 anos concentrou a maioria das mortes no trânsito, com 132 ocorrências. Isso contrasta com o padrão anterior, onde os mais jovens, a partir dos 20 anos, ocupavam esse lugar. Essa mudança destaca a importância de medidas específicas para proteger os idosos no trânsito.

Outra tendência constante é a disparidade entre os gêneros, com a quantidade de homens que morrem no trânsito sendo quatro vezes superior à de mulheres. Essa proporção tem se mantido estável desde 2007, segundo os registros do DetranRS.

Ações do Governo para a Segurança Viária

O governo do RS atribui essa redução nas mortes no trânsito a uma série de ações coordenadas pelo DetranRS. Campanhas de conscientização e o reforço da fiscalização, especialmente por meio do programa Balada Segura, têm sido cruciais para promover um comportamento mais seguro nas estradas e ruas do estado.

Além disso, a Escola Pública de Trânsito recebeu uma sede física, proporcionando atividades educativas e preventivas. Nos últimos meses, a fiscalização foi intensificada, com um aumento de 64% nas abordagens na Balada Segura. A utilização de um etilômetro passivo, que detecta a presença de álcool no ar sem a necessidade de o motorista sair do veículo, tem sido uma ferramenta eficaz para identificar condutores sob influência de álcool e promover a segurança nas estradas.

A queda no número de mortes no trânsito no Rio Grande do Sul é motivo de comemoração, mas também é um lembrete da importância contínua de investir em medidas de segurança viária. Com ações governamentais coordenadas e conscientização pública, podemos continuar a trabalhar para tornar nossas estradas e ruas mais seguras para todos os cidadãos.

Gostou da matéria? Siga a gente no FacebookInstagram e Twitter, e fique por dentro das notícias de porto Alegre.

Magdalena Schneider

Magdalena Schneider

Bacharel em Psicologia pela Faculdade IENH; especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela Universidade Estácio de Sá.
Natural de Dois Irmãos / RS, sempre quis morar em Porto Alegre, e em 2020 realizou esse desejo. Há três anos vem desbravando a capital gaúcha e compartilhando aqui suas experiências.

Artigos: 596

Descubra mais sobre Curtindo PoA

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading